Observatório dos Direitos Humanos: mapa colaborativo

O Salve Sul: Observatório dos Direitos Humanos

O Observatório dos Direitos Humanos – Salve Sul busca monitorar violações de direitos cometidas por agentes do Estado por meio denúncias feitas com o apoio de uma rede de parceiros da zona sul de São Paulo.

O mapa colaborativo recebe comunicações de violações de moradores, instituições, coletivos, servidores públicos e movimentos sociais. O objetivo é usar as denúncias como instrumento de pressão do poder público. Abaixo, exemplos de violações que podem ser comunicadas:

  • Falta de EPIs para os profissionais da saúde;
  • Dificuldades em acessar o auxílio emergencial;
  • Subnotificação de casos de Covid-19;
  • Falta de atendimento no SUS;
  • Falta de atendimento dos órgãos da assistência social.


QUEM FAZ
CDHEP (Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo) e pelo CEHAL (Centro de Estudos de História da América Latina) da PUC-SP, Núcleo de Apoio à Pesquisa Produção e Linguagem do Ambiente Construído (NAPPLAC) da FAU/USP

PÚBICO-ALVO
População da Zona Sul de São Paulo


COMO PARTICIPAR

Acesse o observatório, visualize uma violação ou faça sua notificação